Menu

Colonoscopia

por Dr. Luíz Flávio Cordeiro

Colonoscopia

A colonoscopia é um exame endoscópico diagnóstico ou terapêutico que permite a investigação do intestino grosso (reto e cólon) e de parte do delgado (porção distal do íleo), a fim de detectar a presença de tumores em qualquer estágio e, principalmente, lesões precursoras pré-neoplásicas, úlceras, pólipos, inflamações, entre outras alterações.

A colonoscopia é o principal método diagnóstico do câncer de intestino e reto, e deve ser realizado rotineira e periodicamente em mulheres acima de 50 anos ou menos, em caso de antecedentes familiares de tumores intestinais.

O colonoscópio é um instrumento endoscópico longo e flexível dotado de uma câmera e fonte de luz na ponta que transmite as imagens para um monitor, acompanhado pelo profissional que está realizando o exame. Seu comprimento pode chegar a quase 2 m e tem um diâmetro de cerca de 1 cm.

Mantenha consultas periódicas com um ginecologista para detectar precocemente qualquer tipo de afecção e alteração. Ao apresentar sintomas, procure um médico.

Indicações

A colonoscopia pode ser indicada para diversos tipos de investigação:

Contraindicações

Em algumas condições a colonoscopia não pode ser realizada, sendo algumas contraindicações absolutas e outras relativas.

A colonoscopia não pode ser realizada quando houver suspeita de:

A colonoscopia tem contraindicação relativa quando a paciente apresentar os seguintes quadros:

A colonoscopia também não é indicada para pacientes com histórico de:

Todas essas condições devem ser estudadas para a indicação do exame. O médico faz uma análise detalhada da paciente antes de indicar o procedimento.

Como é feito o exame

A colonoscopia é um exame endoscópico realizado na paciente anestesiada que possibilita tanto o diagnóstico como o tratamento de diversas afecções e alterações que afetam o intestino grosso (reto e cólon) e de parte do delgado (porção distal do íleo).

A primeira etapa do exame é a preparação. A paciente deve:

O intestino deve estar totalmente limpo para a realização do exame. Resíduos podem prejudicar a visualização e impedir a identificação de alguma lesão.

No dia do exame, a paciente é orientada sobre o procedimento. Após receber sedação, fica deitada de lado para facilitar a introdução do colonoscópio.

Durante o exame, o profissional pode usar instrumentos para fazer biópsias do tecido e realizar algumas intervenções, como a retirada de pólipos.

A duração do exame varia de acordo com o que o médico detectar e realizar, mas em média dura de 30 minutos a 1 hora e a paciente fica em observação, até que seja capaz de deambular normalmente.

Quais intervenções podem ser feitas durante a colonoscopia

A colonoscopia é um procedimento diagnóstico e terapêutico. Durante o exame, o médico pode:

Os resultados do exame indicam as alterações encontradas e baseiam a conduta terapêutica posterior. A colonoscopia é um exame fundamental para diagnóstico e tratamento de diversas afecções que acometem a região.

Compartilhar

Deixe um comentário

  Se inscrever  
Notificação de
Acesse o nosso último post Pólipos endometriais: conheça os sintomas
Pré-agende sua consulta agora! Clique aqui